Pedaços rasgados.

Não que seja da sua conta, mas preciso botar isso pra fora. esses pedaços seriam letras de músicas um dia, mas agora são só pedaços disconexos que preciso gritar bem alto.

--------------------------------------------------------------------------------------
livre, estou livre.
livre para vestir minha máscara.
estou livre para me esconder.
estou livre de ser eu mesmo e posso fingir qualquer coisa.
---------------------------------------------------------------------------------------
eu te amo. mas nunca vou te contar esse segredo.
não sabes como meu coração bate quando penso em ti.
nem desconfias que falo exatamente para ti.
eu me acostumei a me esconder.
-------------------------------------------------------------------------------------
não menti para você.
eu minto para mim mesmo todos os dias.
não fujo de você.
eu me perco no caminho.
-----------------------------------------------------------------------------------------


[eu não me orgulho de nada disso. (os textos)]

Um comentário:

Lilavati disse...

Ah, como invejo essas confissões...
e como!

ai ai...